Supostos terroristas em prisão italiana planejavam atentado em Paris

Roma, 12 mai (EFE).- A Justiça italiana emitiu dois mandados de prisão contra uma dupla de supostos membros da rede terrorista Al Qaeda que estariam planejando um atentado no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, segundo fontes policiais confirmaram à Agência Efe.

EFE |

Os supostos terroristas são Bassam Ayachi e Marcel Frederic Gendron, ambos com cidadania francesa, e foram detidos em novembro de 2008 na cidade italiana de Bari, acusados de favorecimento à imigração ilegal.

O comissário Giorgio Manari concedeu uma coletiva de imprensa nesta terça-feira e afirmou que os dois detidos são membros importantes da Al Qaeda na Europa, e que esta investigação evitou que ocorresse algo "grave, porque os dois homens faziam parte de uma organização mais ampla".

Segundo a Polícia italiana, a rede à qual a dupla pertenceria planejava outros atentados na Inglaterra e França, além do ataque ao aeroporto de Paris, em que seriam usados vários aviões.

Ayachi e Gendron, que moram na Bélgica, também divulgavam mensagens e vídeos ligados à guerra santa através da internet, de acordo com a imprensa italiana. EFE mcs/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG