Suposto membro do ETA é detido na França

BORDEAUX (Reuters) - Iñaki Telletxea, considerado pelas autoridades francesas e espanholas como integrante do grupo separatista basco ETA, foi detido na segunda-feira na localidade de Hendaya, informaram fontes policiais nesta terça. Telletxea foi preso na rua pela polícia por ter violado a proibição de entrar em solo francês, e devia comparecer nesta terça de maneira imediata ao tribunal, segundo um promotor de Bayona.

Reuters |

Iñaki Telletxea, de 43 anos, tinha sido condenado em 2003 na França a cinco anos de prisão e 10 anos de proibição de estadia no país por "infração da legislação de armas".

Também nesta terça-feira, a França entregou à Espanha a suposta integrante do ETA Maite Aranalde Ijurco, acusada de terrorismo, de acordo com fontes policiais e o Ministério do Interior.

A extraditada fazia parte de um comando legal de apoio ao ETA e fugiu em 2002, quando essa estrutura foi desarticulada. Ela foi detida em março de 2005 perto de Montpellier, junto a outros dois supostos membros do ETA.

Aranalde foi condenada em junho de 2008 a seis anos de prisão por associação criminosa com fins terroristas, mas a corte número um da Audiência Nacional a acusa de terrorismo.

(Reportagem de Claude Canellas e Emma Pinedo)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG