Suposto membro da ETA é detido na França

PARIS - O suposto membro do grupo terrorista basco ETA José Javier Irastorza González, conhecido como Barojo, foi detido hoje no País Basco francês, disseram à Agência Efe fontes da investigação.

EFE |

González foi detido na localidade de Ciboure, próxima a Saint-Jean-de-Luz, por volta das 8h30 (5h30 de Brasília).

A detenção ocorre "em virtude de uma ordem de detenção européia emitida pela Espanha", acrescentaram as fontes.

O suposto membro da organização terrorista "não estava armado" e "não ofereceu resistência" no momento da detenção, disseram.

González foi levado a uma Procuradoria, onde as autoridades francesas tentam determinar se existem acusações contra ele na França.

Fontes da luta antiterrorista na Espanha disseram que "Barojo" foi colaborador do "Comando Donosti" da ETA nos anos 90 e que sua detenção responde a uma ordem européia ditada pela Espanha por um suposto crime de colaboração com grupo terrorista.

As Forças de Segurança acham também que "Barojo", fez parte de um grupo de apoio do "Comando Donosti" em meados dos anos 90.

Sua detenção ocorre no mesmo dia em que a França extraditou à Espanha o membro do aparelho logístico da ETA Mikel Uzkudun Lizaur, informaram à Efe fontes próximas ao caso.

O Tribunal Criminal de Paris tinha condenado Lizaur em 17 de dezembro a seis anos de prisão por fazer parte da organização terrorista.

Leia mais sobre ETA

    Leia tudo sobre: eta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG