Suposto dirigente talibã é morto no Afeganistão

Cabul, 9 dez (EFE).- Um suposto dirigente talibã foi morto em uma operação conjunta do Exército afegão e a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) no leste do Afeganistão, informou hoje esta última organização em comunicado.

EFE |

A operação ocorreu ontem à noite na província de Logar (leste), e tinha como objetivo a captura do talibã Mohammed Bobi, considerado responsável de orquestrar ataques suicidas contra civis e tropas, segundo a Isaf.

De acordo com a versão da organização, Bobi teve a opção de se render pacificamente, mas decidiu atacar as tropas.

"A morte de Bobi terá um efeito significativo na capacidade dos talibãs para realizar operações na província", disse o porta-voz da Isaf, Richard Blanchette.

Bobi, segundo a Isaf, estava envolvido na tortura e no seqüestro de civis na província.

Mais de 4.500 pessoas morreram este ano vítimas da violência no Afeganistão. EFE nh/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG