Suposto caso de canibalismo surpreende cidade argentina

Buenos Aires, 21 mai (EFE).- A Polícia da província argentina de Misiones (nordeste), na fronteira com o Brasil, investiga a morte de um homem de 60 anos cujo corpo foi encontrado mutilado em sua casa em um aparente caso de canibalismo, informa hoje a imprensa local.

EFE |

O caso foi descoberto após a denúncia de uma testemunha identificada como Alejandro Riess, que contou à Polícia que quando foi visitar o homem, de sobrenome Correa, se encontrou com um morador de rua que costumava dormir na casa da vítima.

O mendigo levou a testemunha a um quarto da casa de Correa e mostrou o corpo mutilado da vítima.

Fontes disseram que Riess correu espantado até uma delegacia próxima e fez a denúncia à Polícia, que prendeu o morador de rua depois de encontrar o corpo de Correa dentro de uma caixa, com a cabeça separada e colocada em cima do tórax.

Os investigadores não encontraram parte da perna direita da vítima.

Aparentemente, o morador de rua, de 40 anos e identificado como Eliseo Nebils, é deficiente mental e, ao ser detido, só conseguiu dizer que um personagem mítico dos aborígines guaranis que povoam a região tinha aparecido para ele, destacaram os porta-vozes. EFE cw/wr/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG