Suposto autor intelectual de assassinato de deputados salvadorenhos é preso

Guatemala, 29 ago (EFE).- O ex-deputado guatemalteco Manuel Castillo, suposto autor intelectual do assassinato de três deputados salvadorenhos em fevereiro do ano passado, foi capturado hoje no povoado de Quesada, leste do país, na fronteira com El Salvador.

EFE |

O ministro guatemalteco do Interior, Francisco Jiménez, anunciou à imprensa que Castillo foi detido em uma luxuosa residência de sua propriedade durante uma ação realizada pelas forças de segurança.

Castillo será levado nas próximas horas para a capital guatemalteca, sob estritas medidas de segurança, para ser interrogado pelo juiz a cargo da investigação deste caso.

O ex-legislador, que permanecia foragido da justiça guatemalteca desde janeiro passado, é acusado pela Promotoria deste país de ter "ordenado e coordenado" o assassinato dos deputados salvadorenhos do Parlamento Centro-Americano (Parlacen).

O Ministério guatemalteco do Interior tinha oferecido uma recompensa de 100.00 quetzais (cerca de US$ 13.000) a quem desse informações que permitissem a detenção do ex-legislador. EFE ca/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG