Suposta nora do emir de Dubai pede asilo ao R.Unido

Londres, 25 jan (EFE).- Uma mulher que diz ser esposa de um xeque de Dubai pediu asilo no Reino Unido junto com o filho pequeno, que estaria doente, informa hoje o jornal britânico Daily Telegraph.

EFE |

Nivin el-Gamal, de nacionalidade egípcia, disse temer por sua vida e pela do filho de 1 ano que teve com o xeque Ahmed bin Saeed al-Maktoum.

Maktoum, de 51 anos, é filho do emir de Dubai, o xeque Mohammed bin Rashid al-Maktoum, e executivo da Dubai Inc, um grupo de empresas do emirado.

Gamal, que entrou para a seita judaica conhecida como Kabbalah, diz temer ser persiguida por isso.

"A Sra. Gamal está preocupada com seu futuro e com o do seu filho", declarou à imprensa britânica a advogada da mulher, Ayesha Vardag.

Gamal, de 33 anos, filha de um empresário egípcio, afirma ter conhecido o marido em 2003, em Dubai.

No Oriente Médio, é comum os xeques se casarem estrategicamente com membros das famílias reais do Golfo Pérsigo. Mas eles estão acostumados à prática da poligamia, o que permite esse tipo de "casamento secreto".

A egípcia, que é designer, diz ter mantido um relacionamento de sete anos com o xeque, com quem agora tenta falar para conseguir ajuda para o filho.

Segundo ela, ambos se casaram oficialmente em 2006, em uma cerimônia no apartamento de Maktoum, no luxuoso bairro de Belgravia, na capital britânica, onde ela estudava na época.

De acordo com a versão da nulher, os dois discutiram quando ela ficou grávida.

O pedido de asilo feito por Gamal foi rejeitado este mês, mas a mulher entrou com um recurso. EFE jr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG