Suposta célula da Al Qaeda é desmontada no Iraque

Célula teria sido responsável por ataque a uma igreja em Bagdad, no dia 31 de outubro

EFE |

As forças de segurança do Iraque detiveram suposta célula terrorista da Al Qaeda responsável pelo ataque a uma igreja em Bagdá, em 31 de outubro, no qual 58 pessoas morreram, informou neste sábado a televisão Al Iraqiya.

Um alto cargo do Departamento de Assuntos Internos do Ministério do Interior iraquiano garantiu à agência  que o grupo, composto por 12 pessoas, entre eles o chefe militar da Al Qaeda em Bagdá, foi capturado na quarta-feira em uma ação realizada no oeste da capital iraquiana. Entre as apreensões, cinco laboratórios usados para fabricar bombas e seis toneladas de material explosivo, além de gases tóxicos.

Em 31 de outubro, ao menos 58 pessoas, a maioria mulheres e crianças, morreram na igreja Nossa Senhora do Socorro em um ataque armado e em uma operação para libertar os reféns retidos no interior do templo por cinco terroristas. Os detidos admitiram responsabilidade na maioria dos ataques ocorridos nos últimos meses na capital iraquiana.

    Leia tudo sobre: mundobagdadatentadoal qaeda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG