Superar a crise será o principal tema das eleições no Reino Unido

Londres, 13 set (EFE).- A estratégia política para superar a crise e recuperar as finanças do país - diante da continuidade do investimento público ou do corte radical da despesa - será um dos temas centrais das próximas eleições gerais, segundo enquete divulgada hoje.

EFE |

Enquanto os dois principais partidos se posicionam sobre os temas, "The Sunday Times" publica hoje uma pesquisa que indica que a maioria dos britânicos prefere os cortes.

Cerca de 60% dos entrevistados pelo YouGov se mostraram partidários do enxugamento dos gastos públicos e redução do tamanho do Estado, e outros 21% apóiam o aumento dos impostos como forma de diminuir o déficit fiscal, calculado em 175 bilhões de libras (200 bilhões de euros).

Segundo o jornal, a rejeição do eleitorado a um possível aumento tributário aumenta a pressão sobre o primeiro-ministro, Gordon Brown, quem já anunciou um aumento fiscal que afetará à faixa de contribuintes com renda mais alta.

Nesta semana, Brown deve discursar no congresso anual da Confederação de Sindicatos, onde, segundo a imprensa, ele vai advertir os filiados sobre a necessidade de frear as despesas.

Apesar dos esforços de Brown em apresentar as alternativas - investir ou fazer cortes - vários de seus ministros, entre eles Peter Mandelson e Alistair Darling, afirmaram que haverá enxugamento dos gastos públicos e inclusive a eliminação de alguns populares programas governamentais.

A poucos meses das eleições, previstas para meados de 2010, os conservadores liderados por David Cameron estão na frente nas pesquisas de intenções de votos, com 41% do apoio do eleitorado, seguido pelos trabalhistas com 27% e do Partido Liberal-Democrata, com outros 17%. EFE jm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG