KIRKUK (Reuters) - Um suicida se explodiu matando pelo menos cinco pessoas e ferindo outras oito neste sábado na cidade iraquiana de Kirkuk, no norte do país, segundo fontes policiais. O suicida detonou um colete munido de bombas em um mercado de carros ao norte de Kirkuk, disse o Major-General Torhan Abdul-Rahman, funcionário veterano da polícia da cidade.

O controle da cidade rica em petróleo, lar de árabes, curdos e turcomenos, atiçou as tensões étnicas no momento em que o Iraque se prepara para eleições provinciais que os EUA e a ONU esperam ter lugar no outono próximo.

A minoria curda iraquiana deseja garantir que as eleições, que podem ser consideravelmente adiadas por conta dos desentendimentos sobre Kirkuk, não enfraqueçam seu controle da cidade.

Os curdos vêem Kirkuk como seu lar ancestral e esperam torná-la parte de sua região autônoma no norte do país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.