Suíça firma com a Dinamarca acordo para flexibilização de sigilo bancário

Genebra, 21 ago (EFE).- Suíça e Dinamarca assinaram hoje um acordo que leva em conta os padrões da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) em matéria de transparência fiscal, informou hoje o Ministério de Finanças suíço.

EFE |

Na prática, o documento firmado flexibiliza o sigilo bancário, mas não o abole.

O acordo é o primeiro do tipo assinado pela Suíça depois que, em março, pressionado pela comunidade internacional para limpar a imagem de paraíso fiscal, o Governo do país anunciou que adotaria as normas da OCDE quanto à troca de informações fiscais.

À época, a Suíça manifestou a intenção de renegociar os acordos existentes com mais de dez países só para deixar a "lista cinza" de paraísos fiscais da OCDE.

Desde então, o Governo nacional já renegociou e assinou declarações de intenções com 12 países: Luxemburgo, Noruega, França, México, EUA, Japão, Holanda, Polônia, Reino Unido, Áustria, Finlândia e Catar. EFE vh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG