Genebra, 3 jul (EFE).- A ministra de Assuntos Exteriores da Suíça, Micheline Calmy-Rey, destacou hoje o êxito do trabalho de equipe dos países envolvidos na libertação, nesta quarta-feira, da franco-colombiana Ingrid Betancourt e de outros 14 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

"Tenho de expressar minha alegria, porque há poucas semanas ainda estávamos muito inquietos", afirmou Calmy-Rey.

A ministra disse que não tinha conhecimento da operação militar de infiltração nas Farc, e lembrou que na semana passada houve contatos entre os emissários da guerrilha e os representantes franceses e suíços.

Calmy-Rey, que anunciou que viajará à Colômbia em agosto, reiterou que "esta libertação é magnífica tanto para ela (Betancourt) como para os outros reféns que foram libertados". EFE mh/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.