Suécia retira embaixador do Sri Lanka

Copenhague, 28 abr (EFE).- A Suécia vai retirar temporariamente seu embaixador no Sri Lanka como medida de protesto pela decisão do país de não conceder visto a seu ministro de Assuntos Exteriores, Carl Bildt, que viajaria junto com seus colegas britânico, David Miliband, e francês, Bernard Kouchner.

EFE |

Bildt assinalou hoje em seu blog que as autoridades cingalesas não tinham apresentado nenhum motivo para justificar a recusa, e que ninguém entende "o que há por trás desta manobra muito estranha".

Miliband e Kouchner não suspenderão sua viagem, já que isso seria "irresponsável", dada a grave situação política e de direitos humanos no Sri Lanka, explicou Bildt.

O embaixador do Sri Lanka na Suécia, R. P. Jayasooriya, confirmou à agência sueca "TT" que Bildt não tinha recebido o visto "por enquanto", mas não explicou os motivos da recusa. EFE alc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG