Suécia lança primeiro aeroporto portátil do mundo

As Forças Armadas da Suécia acabam de desenvolver o primeiro aeroporto móvel do mundo, que será utilizado para agilizar missões internacionais e proporcionar ajuda aérea rápida e eficaz em áreas atingidas por catástrofes naturais.

BBC Brasil |

Com o novo sistema, que começou a ser desenvolvido em 2002, os militares suecos serão capazes de montar um aeroporto totalmente operacional simplesmente abrindo alguns contêineres, virtualmente em qualquer região do globo.

O equipamento inclui torre de controle, computadores, radares, sensores meteorológicos, sofisticados sistemas de rádio e luzes de pouso - tudo facilmente embalado, transportado e montado.

BBC
Base aérea deve ser usada em áreas atingidas por catástrofes naturais

"Se um tsunami destruir um aeroporto, por exemplo, nosso aeroporto móvel pode ser rapidamente instalado em um campo aberto para que as operações de ajuda aérea possam ser iniciadas", disse à BBC Brasil Jan Sorberg, líder do projeto no Departamento de Materiais de Defesa (Försvarets Materielverk, FMV).

Os testes finais estão sendo conduzidos atualmente no campo de testes de mísseis de Vidsel, no norte da Suécia. O novo aeroporto móvel estará pronto para entrar em operação em dezembro, e vários países já expressaram interesse na nova tecnologia.

"O equipamento é tão único que estamos recebendo a visita esta semana de militares da Inglaterra, Holanda e Polônia", disse Sorberg.

"Países como a Alemanha e a Holanda possuem alguns sistemas móveis para bases aéreas, mas esta é a primeira vez que um aeroporto totalmente móvel é desenvolvido", acrescentou ele.

Contêineres

O líder do projeto explica que o aeroporto móvel é constituído por módulos, que são usados dependendo do tipo de operação aérea necessária.

Um aeroporto móvel básico pode ser embalado em dois contêineres. Outras unidades podem ser então acopladas ao aeroporto móvel, que em sua capacidade máxima pode ser acomodado num total de 22 contêineres.

A dimensão do aeroporto móvel varia, portanto, de acordo com a complexidade da operação.

"Quando falamos em dimensão em termos militares, queremos dizer dimensão em termos de capacidade de operação de tropas e recursos. Não podemos comparar esta base aérea móvel a nenhum aeroporto civil em termos de tamanho", observou Sorberg.

A sofisticada rede de comunicações do aeroporto móvel foi desenvolvida para assegurar um alto nível de segurança operacional, mesmo em condições críticas de segurança de vôo. O sistema de rádio inclui equipamentos para a cooperação com unidades civis de resgate.

No frio ou no calor

As unidades de comando móveis estão equipadas com TV, telefone, fax, internet, rádio, projetores e tecnologia de vídeo-conferência, além de sistemas de vigilância.

O sistema de pouso é controlado por meio de sinais de rádio. A base móvel contém ainda amplos sistemas de manutenção de aeronaves, e inclui hangares móveis.

"Podemos basicamente operar em qualquer tipo de região com temperaturas entre -4ºC e 49ºC", ressalta o líder do projeto nas Forças Armadas.

A unidade de serviços da base aérea envolve todos os elementos necessários ao gerenciamento de um aeroporto, incluindo equipamentos de raio-X e de carga e descarga.

Uma unidade de suporte contém recursos médicos e controla o fornecimento de água, combustível e alimentos na base aérea.

O sistema prevê ainda uma força de proteção, para fazer frente a potenciais ameaças à base aérea. Esta unidade pode ser parte do batalhão ou ser apoiada por recursos de outros países.

Leia mais sobre aeroporto

    Leia tudo sobre: aeroportostecnologia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG