Suécia congela cooperação militar com a Rússia devido a conflito na Geórgia

Copenhague, 18 ago (EFE).- O primeiro-ministro sueco, Fredrik Reinfeldt, anunciou hoje que a Suécia suspendeu a cooperação militar com a Rússia, com a qual tinha em breve programados vários eventos, por causa do conflito bélico na Geórgia.

EFE |

A medida implica, a curto prazo, o cancelamento de uma visita da frota russa à Suécia, prevista para o início do próximo mês, e a suspensão de várias reuniões entre as cúpulas militares dos dois países.

O anúncio aconteceu após uma reunião da Comissão de Assuntos Exteriores do Parlamento sueco, que emitiu uma declaração na qual pediu que as tropas russas parem de "desestabilizar" a Geórgia através, por exemplo, da destruição de sua infra-estrutura ou do bloqueio das principais vias de comunicação.

"O plano de cessar-fogo deve ser realizado de forma imediata e absoluta. As tropas russas devem se retirar às posições anteriores ao início das hostilidades e devem permitir que a ajuda humanitária chegue à população civil", afirma a declaração.

A comissão qualifica a incursão russa de "inaceitável" e diz que viola o direito universal dos povos. EFE alc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG