Suécia adia decisão da UE de suspender sanções contra Cuba

A decisão da União Européia de suspender oficialmente as sanções contra Cuba foi adiada temporariamente pela Suécia, ao apresentar questões de procedimento que, no entanto, não deverão questionar sua aprovação ainda nesta segunda ou, no mais tardar, terça-feira.

AFP |

Anteriormente, havia sido informado que a UE teria suspendido oficialmente as sanções contra Cuba e feito uma proposta de diálogo político com o governo do presidente cubano Raúl Castro.

A decisão formal sobre a anulação das sanções foi adotada pelo Conselho Europeu de Agricultura e Pesca na primeira reunião oficial dos 27 países nesse nível depois do acordo político sobre a questão alcançado na sexta-feira passada, na cúpula da UE.

Além disso, a UE também aprovou novas sanções contra o Irã, entre elas a proibição das atividades na Europa do grande banco iraniano Melli.

As novas sanções, que devem proibir a partir desta terça-feira o funcionamento das agências européias do banco situadas em Londres, Hamburgo e Paris, foram aprovadas sem debate pelos ministros europeus reunidos em Luxemburgo.

mar/js/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG