Sudoeste da França volta ao normal após maior tempestade em 10 anos

PARIS - O sudoeste da França volta ao normal neste domingo depois que no sábado a maior tempestade a atingir a região em uma década matou quatro pessoas, deixou 1,5 milhão de famílias sem luz e levou as autoridades a decretar alerta vermelho em nove departamentos.

EFE |

A Rede de Distribuição de Eletricidade da França (ERDF, na sigla em francês) retomou nesta manhã os trabalhos para restabelecer o fornecimento de energia a 1,3 milhão de residências que permanecem sem luz. Dez departamentos, nove deles no sudoeste do País, permanecem em "alerta laranja", dado o risco de inundações.

Já o transporte ferroviário continua comprometido nessa região da França, onde ontem os ventos chegaram a 192 km/h. O tráfego nas estradas, por outro lado, começa a ser normalizar, sobretudo na região sudeste.

AFP

Árvore destruída na França por causa da ventania e das chuvas fortes que atingem o País

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, visitará neste domingo o departamento de Gironde (sudoeste), acompanhado da ministra de Interior, Michele Alliot-Marie; do ministro da Agricultura, Michel Barnier, e do secretário de Estado de Transportes, Dominique Bussereau.

Leia mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: frança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG