PEQUIM (Reuters) - Os piores temporais em 50 anos encharcaram partes da província chinesa de Guangdong nos dois últimos dias, matando pelo menos um estudante e causando inundações em grande escala, informou a mídia local no domingo. O jornal Diário de Guangzhou informou que pelo menos um aluno de escola primária morreu depois de ser carregado por uma enchente no sábado em Maoming, na parte ocidental da província de Guangdong.

Outro aluno de escola primária e um estudante secundarista estariam desaparecidos.

O jornal disse que mais de 6.500 pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas.

Chuvas torrenciais vêm afetando a província nas últimas duas semanas, com a precipitação pluviométrica superando os 400 milímetros apenas nos últimos dois dias, disse o jornal.

A previsão do tempo publicada no site do governo provincial prevê mais chuvas fortes na terça-feira.

A região normalmente enfrenta chuva forte nesta época do ano, mas as autoridades meteorológicas disseram que as dos últimos dias foram as piores em cinco décadas.

As enchentes vêm atingindo muitas cidades no delta do rio Pérola, que abriga muitas fábricas manufatureiras cuja produção é exportada, e a parte ocidental da província de Guangdong.

(Por Ken Wills)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.