Sudão rompe relações diplomáticas com o Chade após ofensiva rebelde em Cartum

Cartum, 10 mai (EFE).- O presidente sudanês, Omar Hassan Ahmad al-Bashir, anunciou hoje a ruptura das relações diplomáticas com o vizinho Chade, país ao qual responsabilizou pela ofensiva lançada neste sábado por um grupo rebelde em Cartum.

EFE |

Em declarações divulgadas pela televisão oficial, Bashir assegurou que "o ataque chadiano contra Cartum foi totalmente abortado" e que as forças de segurança sudanesas perseguem os rebeldes, alguns dos quais se infiltraram nos bairros residenciais da capital.

O presidente sudanês acusou, além disso, seu colega chadiano, Idris Déby, de ter dado ordens para armar os rebeldes, que entraram no Sudão sob a direção de Khalil Ibrahim, dirigente do Movimento de Justiça e Igualdade (MJI) - um dos grupos rebeldes de Darfur -, a quem qualificou de um "agente do regime chadiano". EFE az-hh-fjo/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG