Sudão rompe relações diplomáticas com Chade após ofensiva rebelde

O Sudão rompeu suas relações diplomáticas com o Chade, acusando o governo de Ndjamena de ter apoiado um ataque a Cartum por rebeldes da região ocidental de Darfur, em guerra civil com o governo sudanês, anunciou neste domingo a rádio pública Omdurman.

AFP |

"O Sudão rompeu suas relações diplomáticas com o Chade devido à ajuda fornecida (por esse país) ao ataque de ontem", sábado, segundo a emissora sudanesa.

Violentos combates foram travados no sábado em Omdurman, cidade vizinha a Cartum, entre as forças governamentais sudanesas e rebeldes do Movimento para a Justiça e a Igualdade (JEM), o grupo rebelde de Darfur com maior poderio militar.

Na capital sudanesa, o toque de recolher imposto diante da ofensiva rebelde foi prolongado por um período indeterminado, informou neste domingo o gabinete do porta-voz do Exército.

"O toque de recolher foi prolongado por um período indeterminado para que os fugitivos possam ser capturados", disse um oficial à AFP.

A medida na capital do Sudão vigora das 17h00 local (09h00 de Brasília) até às 06h00 (00h00).

O Sudão afirma ter frustrado a ofensiva do JEM, que na véspera chegou ao norte de Cartum, onde teria capturado a base aérea de Wadi Sayyedna.

str/dm/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG