Sudão diz ter retomado controle de cidade palco de massacre

Cartum, 25 mai (EFE).- O Exército sudanês informou hoje que tomou nas últimas 24 horas a cidade de Umm Buru, na fronteira com o Chade, após dois dias de confrontos com os rebeldes de Darfur, que deixaram 63 mortos, entre eles 20 soldados.

EFE |

O porta-voz militar Osman al-Aghbash afirmou aos jornalistas que 20 soldados morreram e outros 31 ficaram feridos nos combates travados contra os insurgentes do Movimento de Justiça e Igualdade (MJI), dos quais 43 morreram e outros 54 ficaram feridos.

Aghbash acusou o Governo chadiano de apoiar os insurgentes e de ter fornecido a eles 17 veículos carregados com armas.

O MJI, por sua vez, negou hoje em comunicado que os membros do grupo tenham abandonado a cidade, e assegurou que deteve 30 soldados do Exército sudanês, entre eles quatro oficiais.

O grupo também acusou o Exército de ter utilizado helicópteros para bombardear a cidade e matar civis.

Mais cedo, o porta-voz da ONU em Darfur, Kamal Saiki, tinha assegurado que Umm Buru havia sido conquistada pelos rebeldes, informação negada hoje pelo Exército. EFE az/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG