Sudão diz que ataque rebelde em Cartum foi reprimido

Por Opheera McDoom CARTUM (Reuters) - Rebeldes em Darfur entraram em conflito com tropas sudanesas em subúrbio de Cartum no sábado em uma tentativa de tomar o poder, mas o governo afirma que o ataque na capital foi derrotado.

Reuters |

O barulho da artilharia foi ouvido em Omdurman, do outro lado do rio Nilo, vindo do coração de Cartum, capital do maior país da África.

Helicópteros e veículos blindados se dirigiam à região de combate e um toque de recolher foi declarado.

'O principal objetivo desse ataque de sabotagem terrorista fracassado era provocar a cobertura da mídia e deixar as pessoas pensarem que eles têm capacidade para entrar em Cartum', disse Mandour al-Mahdi, secretário do Partido do Congresso Nacional à televisão estatal.

'Graças a Deus essa tentativa foi completamente derrotada.

Alguns comandantes da JEM foram mortos', disse ele, referindo-se ao grupo rebelde de Darfur Movimento Justiça e Igualdade (JEM, na sigla em inglês).

Essa é a primeira vez que os conflitos chegaram à capital em décadas de disputas entre o governo central em Cartum, tradicionalmente dominado por árabes, e os rebeldes de regiões periféricas que reclamam de negligência.

O Sudão acusa o vizinho Chade de apoiar os rivais.

A televisão estatal mostrou imagens de corpos e sangue nas ruas. Os rebeldes disseram anteriormente ter tomado o controle de Omdurman e que tentavam derrubar o presidente Omar Hassan al-Bashir.

(Reportagem adicional de Andrew Heavens em Cartum)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG