Cartum, 29 abr (EFE).- O Governo sudanês confirmou hoje a libertação das voluntárias francesa e canadense sequestradas na região de Darfur no dia 4 de abril.

O chefe de protocolo do Ministério de Exteriores sudanês, Ali Youssef, assegurou à Agência Efe que a francesa Claire Dubois e a canadense Stéphanie Jodoin foram entregues pelos sequestradores ao chefe da tribo Beni Helma.

Youssef explicou que amanhã elas viajarão para Cartum, onde serão entregues às respectivas missões diplomáticas, e ressaltou que estão com saúde boa.

Além disso, informou que as autoridades não pagaram qualquer resgate para libertá-las.

Os sequestradores informaram que a causa principal que os levaram a libertar as reféns tinha sido a incapacidade de fornecer a elas alimentos e água próprios ao consumo humano, além de remédios, com o consequente risco à sua saúde. EFE az/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.