Sudão apresenta protesto contra Chade na ONU

Cartum, 20 jul (EFE).- O Governo do Sudão apresentou um protesto no Conselho de Segurança da ONU contra o vizinho Chade, por um suposto ataque aéreo a território sudanês há quatro dias, informou hoje a agência de notícias estatal Sunna.

EFE |

O embaixador sudanês perante a ONU, Abdel Mahmoud Abdel Halim, citado por essa agência, disse que o Ministério de Assuntos Exteriores sudanês apresentou uma queixa pelas reiteradas agressões chadianas contra o Sudão.

"O Sudão tem absoluto direito de repelir essas ações irresponsáveis, criminosas e injustificadas", advertiu o diplomata.

O Exército sudanês denunciou que dois aviões de guerra chadianos atacaram na quinta-feira passada uma área no oeste de Darfur, no que seria a quarta agressão do Chade contra território do Sudão nos dois últimos meses.

O ministro da Defesa do Sudão, general Abdel Rahim Mohammed Hussein, ameaçou no domingo responder a esses ataques, e acusou a França de apoiar o Chade.

Já o Governo chadiano negou que a Força Aérea tenha atacado território sudanês, ao explicar que seus aviões bombardearam posições rebeldes chadianas dentro do Chade, nas proximidades da fronteira com o país vizinho.

As autoridades chadianas acusam há anos o regime sudanês de acolher e apoiar grupos insurgentes que lutam para derrubar a presidente Idriss Déby, enquanto o Governo sudanês alega que o Chade apoia os rebeldes de Darfur. EFE az/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG