Sudão acusa grupo etíope de matar 5 pessoas perto da fronteira

Cartum, 20 set (EFE) - As autoridades sudanesas acusaram hoje um grupo armado etíope de matar, na sexta-feira à noite, três comerciantes e dois soldados sudaneses em uma área situada no leste do Sudão, perto da fronteira entre os dois países.

EFE |

A acusação foi feita por uma fonte que ressaltou que os agressores também feriram outras três pessoas.

A fonte ressaltou que, após o episódio, autoridades etíopes expressaram seu pesar pelo incidente e ordenaram o envio de tropas do país à zona fronteiriça.

Nas zonas situadas na fronteira entre Sudão e Etiópia operam grupos de oposição ao regime etíope, além de quadrilhas que assaltam e roubam.

Além disso, essa zona foi palco de confrontos entre os exércitos sudanês e etíope. EFE az/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG