Um sudanês que se negou a apagar seu cigarro durante um vôo entre Qurayat e Jeddah, na Arábia Saudita, foi condenado a 30 chicotadas, informou um jornal saudita.

O homem, cuja identidade não foi revelada, foi preso ao deixar o avião da Saudi Arabian Airlines em Jeddah e julgado por um tribunal da cidade neste domingo, afirma o Saudi Gazette.

O acusado alegou durante o julgamento que seguia um programa para parar de fumar e se desculpou, mas foi condenado a 30 chicotadas, de qualquer jeito.

Leia mais sobre tabaco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.