Os sucos de grapefruit (toranja), maçã e laranja podem reduzir a absorção de certos medicamentos e diminuir fortemente sua eficácia, de acordo com um estudo de pesquisadores canadenses publicado nesta terça-feira, nos Estados Unidos.

Há vários anos, o suco de toranja era conhecido por aumentar a absorção de certos remédios, mas com o risco de transformá-los em tóxicos, lembram esses médicos, cujo trabalho foi apresentado na última conferência da Sociedade Americana de Química, na Filadélfia (Pensilvânia, leste dos EUA).

Os resultados de seu estudo clínico são uma nova razão para evitar beber o suco dessas frutas acompanhado de certos medicamentos, entre eles, vários destinados a manter o paciente com vida no tratamento do câncer, de doenças cardiovasculares, de infecções, ou para impedir a rejeição de um órgão transplantado, acrescentaram.

Trata-se do agente anticancerígeno etoposido, dos tratamentos contra a hipertensão atenolol, celiprolol e talinolol, do medicamento que impede a rejeição de órgãos implantados, ciclosporina, e dos antibióticos ciprofloxacina, levofloxacina e itraconazol.

"Recentemente, descobrimos que os sucos de toranja, da laranja e da maçã diminuem a absorção desses medicamentos no conduto intestinal", explicou o Dr. David Bailey, professor de Farmacologia Clínica, na Universidade Western Ontário, no Canadá, principal autor da pesquisa.

"O perigo está na perda de eficácia desses tratamentos para os problemas médicos sérios", frisou.

js/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.