Substância nociva encontrada em 69 marcas de leite em pó na China

PEQUIM - A substância química que matou dois bebês e provocou cálculos renais em mais de mil crianças na China foi encontrada em 69 marcas de leite em pó produzidas por 22 empresas, informou a televisão estatal.

Redação com agências internacionais |

O governo determinou a retirada dos postos de venda das 69 marcas, em uma dramática escalada no escândalo sobre o leite contaminado com melamina, uma substância química utilizada na fabricação de plásticos e colas.

Dois bebês morreram depois de ingerir o leite contaminado e o número de enfermos praticamente quadruplicou somente em Gansu, a província mais afetada pela contaminação.

O jornal Gansu Daily informa que o número de crianças afetadas subiu de 59 a 223 entre sexta-feira e domingo na província.

O último balanço nacional registrava, no sábado, 432 bebês chineses com cálculos renais em conseqüência da ingestão de leite em pó contaminado com melamina.


Tio de bebê contaminado exibe pacote do leite adulterado / AP

Suspeitos presos

Dois irmãos que possuem uma central leiteira na província de Hebei, norte da China, foram detidos na segunda-feira  por adulterar supostamente o leite que vendiam com melamina.

Segundo a Polícia, citada pela agência oficial "Xinhua", os irmãos, de sobrenome Geng, são os principais suspeitos de um escândalo que voltou a semear dúvidas entre os consumidores chineses.

Os irmãos Geng possuem uma estação recoletora de leite desde maio de 2004 em Hebei (a mesma província onde a Sanlu tem sua sede) e foram acusados de vender à marca três toneladas de leite contaminado.

Segundo a informação de "Xinhua", o mais velho dos irmãos, de 48 anos, começou a adulterar o leite no final do ano passado, quando a marca Sanlu rejeitou em várias ocasiões suas entregas porque não cumpriam os padrões necessários.

Os irmãos Geng, segundo a "Xinhua", confessaram que sabiam que seus atos representavam uma fraude contra a Sanlu, e reconheceram que em sua família jamais beberam o leite adulterado.

Leia mais sobre leite contaminado

    Leia tudo sobre: leite contaminado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG