Subsecretário dos EUA acusa paramilitares russos de matarem civis na Geórgia

Tbilisi, 12 ago (EFE).- O subsecretário de Estado americano, Matthew Bryza, acusou hoje em Tbilisi paramilitares russos de cometerem assassinatos de civis em localidades georgianas e exigiu ao Kremlin que chame à ordem suas tropas posicionadas na Geórgia.

EFE |

"Dispomos de informação indubitável de que continuam nos povoados a violência, os tiroteios e os assassinatos", denunciou em entrevista coletiva Bryza, enviado da Casa Branca para o conflito armado entre Rússia e Geórgia por causa da região separatista da Ossétia do Sul.

O diplomata instou as autoridades russas a "garantirem que suas tropas não regulares e outras unidades não ataquem a população civil".

A Geórgia acusou hoje a Rússia de descumprir sua promessa de interromper as hostilidades ao tomar com seus tanques e saquear a cidade de Gori, que fica a menos de 70 quilômetros da capital georgiana, Tbilisi.

O secretário do Conselho de Segurança Nacional da Geórgia, Aleksandr Lomaya, denunciou que as tropas russas permitiram a entrada em Gori de elementos que "saqueiam casas e lojas e humilham a população".

Lomaya não especificou se estes elementos eram os "voluntários" das repúblicas russas do Cáucaso Norte que se alistaram após a explosão do conflito, especialmente habitantes da Ossétia do Norte.

O Ministério da Defesa da Rússia também enviou à Ossétia do Sul dois batalhões chechenos, unidades de elite destinadas a operações especiais e subordinadas ao serviço de espionagem militar.

O comando das forças de paz russas na Ossétia do Sul desmentiu as denúncias de Tbilisi ao declarar à agência "Interfax" que "na cidade de Gori não há forças de paz russas nem outras unidades".

Um porta-voz do comando russo disse que os funcionários da Administração de Gori fugiram da cidade e afirmou que desconhecia quais grupos operam na cidade.

"Isto deve ser esclarecido pelas forças de segurança georgianas", afirmou o oficial. EFE mv/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG