Subsecretário de Estado americano agradece Uribe por resgate de reféns

Bogotá, 8 jul (EFE).- O subsecretário de Estado americano para a América Latina, Thomas Shannon, se reuniu hoje com o presidente colombiano, Álvaro Uribe, para agradecer o resgate, na semana passada, de 15 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), entre os quais estavam três americanos.

EFE |

O diplomata aproveitou a ocasião para ratificar o apoio dos Estados Unidos ao seu principal aliado na região.

O funcionário americano chegou hoje a Bogotá para, em conjunto com Uribe e o comando das Forças Armadas colombianas, fazer um balanço dos avanços obtidos no último ano na luta contra as guerrilhas e o narcotráfico.

"Nós tivemos a honra de participar, no sentido de dar alguns equipamentos eletrônicos e outros instrumentos para ajudar no monitoramente, mas, de fato, essa foi uma investida 100% colombiana", disse Shannon a jornalistas sobre a operação de resgate do último dia 2.

O subsecretário americano acrescentou que, amanhã, uma nota diplomática será entregue na Chancelaria colombiana pedindo a extradição dos dois guerrilheiros capturados durante o resgate dos três americanos, da franco-colombiana Ingrid Betancourt e de mais 11 policiais e militares.

Shannon também disse que seu país continuará apoiando as Forças Armadas da Colômbia em sua tentativa de libertar todos os seqüestrados em poder das Farc.

"Desde o princípio, nosso compromisso foi com o Governo da Colômbia e com a libertação de todos os reféns. Tínhamos um interesse particular em nossos cidadãos, mas sempre vinculamos os três americanos com todos os seqüestrados, especialmente com os colombianos que estão nas mãos das Farc", acrescentou. EFE fer/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG