Submarino nuclear francês se incorpora a busca por caixas-pretas

Paris, 10 jun (EFE).- O submarino nuclear francês Emeraude se incorpora hoje aos trabalhos de busca das caixas-pretas do avião da Air France que caiu no Atlântico no último dia 31 quando cobria o trajeto entre Rio de Janeiro e Paris.

EFE |

O porta-voz do Estado-Maior do Exército francês, Christophe Prazuck, indicou hoje que o "Emeraude" chegou à região dos destroços do avião, e que inicialmente vai a se concentrar em uma área de 20 milhas náuticas quadradas (36 quilômetros quadrados).

Segundo o programa previsto, a cada dia realizará uma investigação em uma área diferente para tentar encontrar as caixas-pretas, que emitem sinais durante um período de um mês que podem ser detectados a uma distância de um quilômetro.

Prazuck explicou que esta tarde também deve chegar à região das buscas o navio francês "Mistral", especializado em missões anfíbias.

O envio do submarino nuclear francês foi decidido por sua capacidade para escutar sinais no fundo do mar. EFE ac/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG