O subdiretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Olli Heinonen, chegou a Teerã nesta quinta-feira para falar sobre a cooperação em torno do programa nuclear que pode custar ao Irã novas sanções por sua recusa em suspender o enriquecimento de urânio.

Heinonen se reuniu com o diretor adjunto da Organização Iraniana de Energia Atômica (OIEA), Mohammad Saidi, e com o representante iraniano na AIEA, Ali Asghar Soltanieh, segundo a agência oficial Irna, que não deu detalhes do encontro.

Uma fonte da OEIA havia indicado antes à AFP que, durante esta visita de dois dias, o Irã não tem intenções de falar sobre os "supostos estudos" segundo os quais teria um programa nuclear com fins militares.

Na quarta-feira, as seis grandes potências envolvidas na resolução desta crise decidiram examinar as novas sanções contra o Irã, de acordo com os Estados Unidos.

fpn-pcl/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.