STF rejeita processo contra Palocci por abuso de poder

Brasília, 27 ago (EFE).- O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou hoje as acusações de abuso de poder que pesavam contra o ex-ministro da Fazenda e atual deputado federal Antonio Palocci (PT-SP).

EFE |

Os juízes do STF decidiram por maioria que não há provas contra o ex-ministro, mas aceitaram as acusações contra Jorge Mattoso, ex-presidente da Caixa Econômica Federal, que responderá pelo crime de violação do sigilo bancário.

Palocci era suspeito de ter ordenado a quebra do sigilo da conta bancária do caseiro Francenildo Santos Costa, que trabalhava em uma mansão na qual seriam feitas transações suspeitas.

A Polícia afirmou que a conta do caseiro foi acessada de forma ilegal, aparentemente sob a presunção de que tinha recebido dinheiro da oposição para acusar Palocci.

Mattoso confessou que ordenou investigar a conta do caseiro, mas assegurou que foi por iniciativa própria, e não sob pressões do ex-ministro.

O PT disse que a decisão do STF abre a Palocci a possibilidade de concorrer ao Governo de São Paulo em 2010. EFE ed/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG