STF pede parecer à Procuradoria Geral da República sobre caso Battisti

Brasília, 16 jan (EFE).- O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, pediu hoje um parecer à Procuradoria Geral da República (PGR) para poder julgar o processo de extradição do ativista italiano Césare Battisti, informou a corte em seu site.

EFE |

Mendes fez um pedido oficial ao Ministério Público (MP) para analisar o pedido de soltura de Battisti, solicitado em extradição pela Itália, mas, que na terça-feira, em segunda instância, recebeu o asilo político por parte do ministro da Justiça, Tarso Genro.

O pedido de liberdade ao ex-ativista, preso na penitenciária da Papuda, no Distrito Federal, demorará, assim, alguns dias para ser analisado, já que o parecer da PGR não tem prazo legal definido.

O status recebido por Battisti, condenado à prisão perpétua na Itália por quatro homicídios, criou um mal-estar diplomático entre o país e o Brasil. EFE wgm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG