Steve Jobs, da Apple, passou por transplante de fígado--mídia

SÃO FRANCISCO (Reuters) - O presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, foi submetido a um transplante de fígado há cerca de dois meses e as expectativas são de que ele volte ao trabalho no fim de junho, informou o The Wall Street Journal neste sábado. Desde janeiro, Jobs, que superou um câncer no pâncreas, afastou-se para tratamento médico, sem divulgação sobre sua condição de saúde.

Reuters |

Um porta-voz da Apple não confirmou a reportagem do jornal, mas disse que "Steve continua aguardando ansiosamente retornar à Apple até o fim de junho e não há nada mais a se dizer".

O jornal, citando uma fonte não identificada, publicou que Jobs, de 54 anos, pode retornar ao trabalho por meio período no início.

Durante meses, rumores rodearam a Apple sobre a saúde de Jobs. Alguns acionistas reclamaram há algum tempo sobre a falta de informação sobre o estado de saúde do presidente-executivo da companhia.

(Reportagem de Gabriel Madway em São Francisco, Maggie Fox e Roberta Rampton em Washington)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG