Steinmeier viaja para Bagdá em segredo por motivos de segurança

Berlim, 17 fev (EFE).- O ministro alemão de Exteriores, Frank Walter Steinmeier, viajou hoje para Bagdá em segredo e sem que se comunicasse o deslocamento até sua chegada à capital iraquiana por motivos de segurança, informou um porta-voz ministerial em Berlim.

EFE |

Este ressaltou que se trata da primeira visita ao Iraque depois de 22 anos de um chefe da diplomacia alemã.

Acrescentou que a visita de Steinmeier à capital iraquiana pode ser considerada como um sinal para o futuro das relações entre Iraque e Alemanha, país este último que não participou da invasão de 2003 dirigida pelos Estados Unidos para acabar com o regime de Saddam Hussein.

Fontes diplomáticas alemãs destacaram que a viagem do titular alemão de Exteriores se deve também à mudança de Governo nos EUA e ao fato de que as autoridades de Bagdá já atuam com maior independência.

A cooperação da Alemanha com o Iraque se limitava até agora a projetos pequenos como a formação dos membros das forças armadas desse país.

Steinmeier é o segundo ministro alemão que visita Bagdá, depois do então titular de Economia, Michael Glos, que em julho do ano passado também foi à capital iraquiana para preparar o retorno das empresas alemãs ao Iraque. EFE jcb/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG