Steinmeier apresenta equipe e tenta impulsionar candidatura na Alemanha

Berlim, 30 jul (EFE).- O candidato socialdemocrata à Chancelaria, Frank-Walter Steinmeier, apresentou hoje a equipe de ministeriáveis com a qual lutará para reverter as pesquisas eleitorais, que dão a ele 23%, e conquistar a vitória nas eleições gerais de setembro.

EFE |

"Estamos dispostos a ganhar e não para ficar em segundo. Temos as melhores cabeças e as melhores ideias", afirmou hoje Steinmeier em entrevista coletiva realizada após uma sessão de encerramento de dois dias com a equipe eleitoral em um hotel de Potsdam, nas proximidades de Berlim.

A equipe é formada por veteranos ministros e alguns rostos novos e praticamente em partes iguais por mulheres e homens, algo que Steinmeier qualificou de "sinal necessário" na política alemã.

Como vem fazendo nas últimas semanas, até agora com pouco sucesso, Steinmeier se apresentou confiante nas possibilidades de êxito, apesar de ter reconhecido que o Partido Social Democrata Alemão (SPD) ainda deverá trabalhar para convencer o eleitorado.

Ele, com isso, fez referência às pesquisas que dão 23% à sua candidatura.

A CDU/CSU recebe 38%, o que permitiria ao partido revalidar sua aliança com os liberais do FDP, partido com o qual governou durante os 16 anos do ex-chanceler Helmut Kohl.

Steinmeier descreveu hoje esta coalizão como a pior das soluções para o futuro da Alemanha, ainda mais em tempos de crise econômica como a atual.

O problema é que os eleitores não parecem dispostos a se deixar convencer por estes argumentos, pois só o partido da chanceler se beneficia do ambiente relativamente positivo que respira a grande coalizão nas pesquisas. EFE ih/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG