Washington, 17 nov (EFE) - Stan Lee e a atriz Olivia de Havilland estão na lista dos agraciados com as Medalhas Nacionais das Artes anunciada hoje na Casa Branca pelo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush.

Entre os premiados também se encontram o escultor Jesús Morales e a companhia de baile José Limón.

Lee, de 85 anos, é o criador de muitos super-heróis da Marvel, como Homem-Aranha e Hulk.

Olivia de Havilland, de 92 anos, fez "E o vento levou..." e ganhou dois Oscar, por "Só Resta Uma Lágrima" (1946) e "Tarde Demais" (1949).

Entre os agraciados também está o Teatro Ford, que ajuda a preservar a memória do 16º presidente dos EUA, Abraham Lincoln.

Além disso, receberão a medalha Fisk University Jubilee Singers, Hazel O'Leary e Paul Kwame; Henry W. Jones, pianista e compositor de música jazz; a Presser Foundation, por ajudar com bolsas de estudos gerações de músicos, e os irmãos Sherman, compositores de conhecidas peças para teatro e cinema.

Na cerimônia também foram concedidas as Medalhas Nacionais das Humanidades.

Entre os agraciados estão Gabor Boritt, historiador da Guerra Civil; Harold Holzer, um estudioso de Lincoln; Myron Magnet, editor da revista "City Journal", e Albert Marrin, escritor.

Também receberam o prestigioso prêmio o locutor de rádio Milton J. Rosenberg; Thomas A. Saunders III e Jordan Horner Saunders, filantropos, e Robert H. Smith, também filantropo.

Além disso, foram honradas com este prêmio duas instituições: o Norman Rockwell Museum, em Stockbridge (Massachusetts), e a John Templeton Foundation. EFE cae/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.