Sri Lanka pede apoio para desmantelar rede exterior dos Tigres Tâmeis

Cingapura, 31 mai (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores do Sri Lanka, Rohitha Bogollagama, pediu hoje mais apoios para desmantelar a rede internacional de financiamento e respaldo à guerrilha tâmil e evitar que reapareça o conflito armado.

EFE |

Bogollama explicou, na conferência asiática de segurança realizada em Cingapura, que a estrutura exterior dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE), com grupos de pressão em vários países, continua intacta em sua maior parte, apesar da queda de sua cúpula militar e da declaração de vitória em 18 de maio.

O chanceler rejeitou o suposto genocídio da minoria tâmil denunciado por organizações como a Anistia Internacional e que o jornal britânico "The Times" calculou em cerca de 20 mil civis.

O citado jornal publicou uma série de supostos documentos confidenciais da ONU que segundo sua opinião provam que o Exército ceilandês massacrou mais de 20 mil civis durante os combates que precederam a vitória sobre os Tigres Tâmeis, embora as Nações Unidas assegurem desconhecer esses relatórios. EFE csm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG