Sri Lanka pede ajuda para refugiados tâmeis

Nova Délhi, 18 mai (EFE).- O secretário do Ministério de Assuntos Assuntos Exteriores do Sri Lanka, Palitha Kohona, disse hoje que o Executivo receberá de bom grado qualquer ajuda internacional para os 250 mil tâmeis que, vítimas do conflito no nordeste do país, se encontram refugiados em campos do Governo.

EFE |

Por telefone, Kohona disse à Agência Efe que não há um calendário para o retorno de todos esses civis a seus povoados, nos quais equipes trabalharão para retirar minas e construir sistemas de condução de água e outras infraestruturas. EFE daa/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG