Sri Lanka: civis poderão sair da área de conflito em 48 horas

Os civis imobilizados na zona de combate entre o Exército do Sri lanka e os rebeldes tâmeis, no nordeste da ilha, poderão deixar a região no prazo de 48 horas, revelou nesta sexta-feira o porta-voz do governo Anusha Palpita.

AFP |

"O presidente (Mahinda Rajapakse) garantiu que em 48 horas os milhares de civis serão libertados das garras dos Tigres tâmeis", disse Anusha Palpita da Jordânia, onde está o chefe de Estado cingalês.

Os rebeldes tâmeis foram encurralados pelo Exército cingalês em uma faixa costeira de 4 km2, onde há cerca de 50 mil civis, segundo a ONU, e 20 mil, de acordo com as autoridades em Colombo.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR) advertiu nesta quinta-feira para uma "catástrofe humanitária inimaginável" se persistir a escalada na região.

aj/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG