Sri Lanka: 35.000 civis fogem de zona rebelde tâmil

Um total de 35.000 civis tâmeis fugiram nesta segunda-feira da zona rebelde tâmil no Sri Lanka, anunciou o presidente cingalês Mahinda Rajapakse, que prevê a queda dos últimos redutos separatistas.

AFP |

O chefe de Estado calculou em 35.000 o número de civis tâmeis que fugiram da faixa de apenas 15 quilômetros quadrados de território que permanece nas mãos dos Tigres de Libertaçãoda Pátria Tâmil (LTTE), ao exibir um vídeo de imagens aéreas.

"Mais de 35.000 pessoas passaram para o nosso lado esta manhã", declarou Rajapakse.

"Tudo acabou para os Tigres. Começou o processo de derrota completa dos LTTE", afirmou.

O Exército do país afirma há três meses que está derrotando os tâmeis, espremidos em um pequeno território.

Segundo a ONU, 100.000 civis tâmeis estão presos no nordeste do país.

Sem aceitar os pedidos de trégua duradoura da comunidade internacional e dos próprios rebeldes, o presidente Rajapakse tem privilegiado a opção militar contra os rebeldes.

aj-gh-nr/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG