Spielberg adquire direitos para fazer filme sobre Marthin Luther King

O cineasta americano Steven Spielberg adquiriu os direitos para levar à tela grande a vida do ícone do movimento pelos direitos civis Martin Luther King Jr, informou o estúdio Dreamworks.

AFP |

O filme versará sobre o legado de King, pretendendo ser um "retrato definitivo" da tumultuada vida do ativista assassinado.

"Nos sentimos honrados com a oportunidade de contar a história desses acontecimentos", disse Spielberg em comunicado.

"Temos a esperança de que o poder criativo do filme e o impacto da vida do Dr. King possam resultar em documentário de um poder inegável do qual estamos orgulhosos".

King, prêmio Nobel da Paz, foi assassinado em Memphis, Tennessee, em abril de 1968, quando tinha apenas 39 anos.

Depois de sua morte, Martin Luther King converteu-se em mártir da luta pelos direitos civis nos Estados Unidos, após combater em vida a discriminação racial, desde o boicote nos transportes, em 1956 em Montgomery, Alabama, até as manifestações pacíficas que o levaram a pronunciar o famoso discurso "I have a dream" em Washington, em 1963.

Spielberg já realizou outros projetos que abordaram a questão da discriminação racial, entre eles a aclamada "The Color Purple" ("A Cor Púrpura", de 1985), baseado no livro de Alice Walker, ganhadora de um prêmio Pulitzer.

rcw/pb/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG