Washington, 17 set (EFE).- A sonda Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) iniciou a prospecção cartográfica do polo sul da Lua com o objetivo de encontrar água e outros recursos que podem servir para a presença humana no satélite natural, informou hoje a Nasa, a agência espacial americana.

Mesmo antes do início das tarefas, os instrumentos da LRO já haviam detectado o que seriam moléculas de água e átomos de hidrogênio em alguns setores da face oculta da Lua, disse a Nasa em comunicado.

"A missão da LRO já começou a enviar dados que ajudarão a criar o mapa mais detalhado possível em benefício da prospecção humana e do interesse científico", disse Richard Vondrak, cientista do projeto.

A Nasa prevê uma missão de um ano para a sonda, que se manterá em órbita a cerca de 50 quilômetros da superfície lunar.

Durante esse tempo, a agência produzirá um mapa completo e detalhado da superfície da Lua, além de buscar recursos e locais seguros para o pouso de naves tripuladas. EFE ojl/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.