Sonda da Nasa capta primeiras imagens de lua de Marte

Washington, 9 abr (EFE) - A Nasa, a agência espacial americana, divulgou nesta quarta-feira imagens detalhadas de Fobos, a maior das duas luas de Marte, feitas por uma das câmeras da sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO). Um comunicado da agência espacial americana indicou que uma dessas imagens, captada a uma distância de cerca de 6.800 quilômetros, mostra o panorama de uma zona iluminada de aproximadamente 21 quilômetros no qual se destaca a cratera Stickney.

EFE |

As fotos, a cores, mostram materiais próximos às bordas da Stickney, e nelas também aparecem outras crateras e depressões que parecem ter se formado como resultado de impactos provenientes de Marte.

O comunicado da Nasa indicou que as fissuras detectadas nas paredes da Stickney e de outras crateras são resultado do desmoronamento de material para o interior da depressão, arrastado pela força gravitacional da lua.

Segundo Alfred McEwen, cientista do Laboratório Lunar e Planetário da Universidade do Arizona, a lua marciana é de grande interesse para os astrônomos porque pode conter água em forma de gelo e materiais ricos em carbono.

Nathan Bridges, membro do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da Nasa, indicou que esta não é a primeira vez que se captam imagens de Fobos.

"No entanto, estas são de muito maior qualidade e nos fornecem os melhores dados conhecidos até agora sobre Fobos. Essas imagens nos ajudarão a determinar a origem e a evolução desta lua", indicou Bridges. EFE ojl/mac/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG