Sonâmbulo estrangula esposa durante pesadelo

Um britânico com histórico de sonambulismo estrangulou a própria mulher durante um pesadelo. Brian Thomas, de 59 anos, e sua mulher, Christine, de 57, estavam de férias acampando no País de Gales quando ele a atacou no meio da noite.

BBC Brasil |

Assim que acordou, ele ligou para o serviço de emergência e pediu socorro, mas ela já estava morta.

"Acho que matei minha mulher. Meu Deus... Achei que um ladrão tinha entrado. Eu estava brigando com eles, mas era a Christine. Eu devia sonhando. O que eu fiz? O que eu fiz? Vocês podem mandar alguém aqui?", disse Thomas à atendente do serviço, em gravação mostrada durante uma das audiências de seu julgamento, na terça-feira, na cidade de Swansea.

Segundo policiais que foram até o local, Thomas estava chorando e tremendo, e repetia: "Ela é tudo para mim".

'Insanidade'

A promotoria do caso afirmou que não está buscando uma sentença de culpa por homicídio, mas sim um veredicto especial por motivos de "insanidade".

"Reconhecemos que o senhor Thomas não é 'insano' no sentido comum da palavra", disse o promotor Paul Thomas. "Em outras palavras, na hora da morte, o réu estava dormindo e sua mente não tinha controle sobre o que seu corpo estava fazendo."

Brian Thomas sofria de distúrbios do sono há 50 anos. Um painel de médicos realizou exames que confirmaram que seu comportamento naquela noite foi "consistente com o conceito legal de automatismo". A lei britânica, no entanto, determina que há automatismo insano e automatismo não-insano.

"Este foi um caso de automatismo insano porque os distúrbios enfrentados pelo réu desde sua infância eram 'parte dele' e não podiam ser curados", afirmaram.

Se esta for sua sentença, ele terá de ser submetido a um tratamento em um hospital psiquiátrico e poderá ser preso indefinidamente.

Os advogados de defesa estão pedindo que Thomas seja considerado como vítima de "automatismo não-insano" e pedindo sua absolvição.

Thomas estava tomando medicamentos antidepressivos e remédios para o controle de sintomas do Mal de Parkinson, que ele suspendeu durante aquelas férias porque eles afetavam seu desempenho sexual.

Brian e Christine Thomas estavam casados há 39 anos e tinham duas filhas.

Leia mais sobre sonambulismo

    Leia tudo sobre: inglaterramulheres

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG