Somalis seqüestram cargueiro alemão com 17 tripulantes a bordo

Nairóbi, 25 abr (EFE).- Piratas somalis seqüestraram no Golfo de Áden o cargueiro alemão MV Patriot, com 17 tripulantes a bordo, informou hoje à Agência Efe a ONG Ecoterra.

EFE |

Segundo a organização, que citou como fonte Andrew Mwangura, diretor do Programa de Assistência Marítima (PAM) do Leste da África, com sede na cidade queniana de Mombaça, "a embarcação de 31 mil toneladas transporta cereais e foi sequestrado de sexta para sábado no leste do Golfo (de Áden)".

"Seus 17 tripulantes", que não tiveram suas nacionalidades divulgadas, embora a suspeita seja que há um alto número de filipinos, "estão a salvo", acrescenta o comunicado da Ecoterra.

O navio, de bandeira maltesa, foi tomado pelas piratas a 150 milhas náuticas (280 quilômetros) da cidade litorânea iemenita de Mugalla.

De acordo com a ONG, o cargueiro segue para o porto de Haradheere, no litoral central da Somália, onde geralmente são ancoradas as embarcações sequestradas por piratas.

A companhia proprietária do navio é a alemã Patriot Schiffahrts, administrada pela empresa de Hamburgo Blumenthal, que ainda não fez nenhuma declaração sobre o sequestro. EFE pa/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG