Somália prende seis piratas e apreende material

A polícia da região autoproclamada independente de Puntland, no nordeste da Somália, anunciou nesta sexta-feira a detenção de seis supostos piratas que lançavam ataques de um povoado da costa perto do porto de Bossasso.

AFP |

"Esta operação é a mais importante jamais realizada (...) A polícia prendeu os piratas com grande quantidade de material utilizado para atacar os barcos", declarou à imprensa Mohamed Said Janaqaf, subchefe da polícia de Puntland.

Segundo ele, na operação, foram apreendidos um navio, cinco lanchas rápidas, dois motores de reposição, armas, munições, uma escada para subir a bordo e um caminhão cheio de diesel.

"Houve um tiroteio, mas sem feridos", destacou Janaqaf.

A operação aconteceu horas depois da reunião entre as autoridades de Puntland e os responsáveis da força anti-pirataria da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) para discutir basicamente este tipo de operações.

A maioria dos ataques protagonizados por piratas nos últimos anos no golfo de Aden e o oceano Índico têm sua origem em Puntland, cujas costas beiram uma das rotas marítimas mais transitadas do planeta.

Seis barcos assaltados ainda estão nas mãos dos piratas somalis.

nur/lm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG