Somália: 52 mortos no Golfo de Aden

Pelo menos 52 somalis morreram enquanto tentavam atravessar o Golfo de Aden para chegar ao Iêmen, anunciou neste domingo o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (HCR).

AFP |

Segundo a agência da ONU, 71 outros passageiros da embarcação sobreviveram. O barco teve um problema no motor e ficou à deriva durante 18 dias, com os passageiros sem comida nem água. Eles foram resgatados pela guarda costeira iemenita.

O HCR acredita que mais de 250 pessoas morreram e 225 desapareceram desde o início do ano no Golfo de Aden.

at/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG