Soldados paquistaneses matam guarda indiano na Caxemira

Um guarda indiano foi morto nesta segunda-feira ao ser atingido por tiros disparados por soldados paquistaneses do outro lado da fronteira da Caxemira, uma província administrada pelos dois países, informou uma fonte policial indiana.

AFP |

O incidente ocorreu no distrito de Poonch, cerca de 500 km ao sul de Srinagar, na Caxemira indiana.

"O soldado foi baleado na linha de controle", declarou um porta-voz da força de segurança posicionada ao longo da fronteira, denunciando "uma nova violação paquistanesa do cessar-fogo".

Os soldados indianos revidaram, mas não se sabe se deixaram vítimas do lado paquistanês.

Este é o segundo incidente deste tipo desde setembro de 2009.

A Índia e o Paquistão brigam pela Caxemira desde sua independência, em 1947. Este território, dividido em duas partes naquela época, foi a causa de duas das três guerras entre os dois países.

A parte indiana da Caxemira é desde 1989 o cenário de uma insurreição separatista que deixou mais de 47.000 mortos em 20 anos, e a Índia acusa o Paquistão de servir de base aos separatistas.

iw/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG